Irreversível (2002) – Gaspar Noé

É engraçado como algo que foi muito polêmico em certa época possa ser tão idolatrado em outra época, como foi com Laranja Mecânica, O Exorcista, Subconscious Cruelty (ainda que muitos não achem clássico, eu acho pelas críticas sociais que o filme aborda), entre outros. Com Irreversível não é diferente…

O filme tem uma técnica de narração perfeita que conta o filme “de trás para frente”, mostrando um dia na vida de dois franceses, Marcus e Pierre, atrás do responsável pelo espancamento e estupro da namorada de Marcus (e ex-namorada de Pierre). O filme trata de temas como mal funcionamento da polícia, vingança e o retrato da vida no submundo parisiense que envolve práticas exibicionistas por parte de homossexuais, uso de drogas e principalmente, estupro. Com uma cena de estupro de 9 minutos é difícil de dizer que alguém em total sanidade tenha conseguido assistir o filme sem ficar aflito em um momento que seja. Ainda que o filme tenha um roteiro e produção impecáveis, como se não bastasse, a genialidade de Gaspar Noé (conhecido também por “Enter The Void” e o polêmico clipe da banda Placebo “Protège Moi”) entra com a fotografia e direção do filme, usado até hoje em faculdades de cinema pelo fato de certos movimentos de câmera serem praticamente impossíveis de se reproduzir.

Certas vezes, a mente humana pode ser usada para mostrar que nem sempre o mundo é algo lindo como certas pessoas pensam, meu pensamento ao terminar de assistir o filme, primeiramente, foi de nunca mais sair de casa. O segundo pensamento foi de andar sempre protegido, mesmo que de uma faca. O terceiro pensamento foi que eu nunca entraria no submundo (mesmo morando em maceió, que é o fim do mundo de alagoas, que é o fim do mundo do nordeste, que é o fim do mundo do Brasil, que é o fim do mundo do mundo) e que nunca me envolveria em algo retratado no filme por ter medo de me tornar algo que eu realmente odeio (um estuprador drogado) ou que eu fosse atacado por alguém que segue esse padrão que eu tanto odeio.

Não recomendo o filme para pessoas que se impressionam fácil nem para aquelas que tem certas tendências à violência ou que tem a sanidade não muito “certa”.

Dados do filme:

Formato: RMVB

Gênero: Drama
Língua: Francês
Legenda: Português (embutida)
Ano: 2002
Diretor: Gaspar Noé
IMDb: http://www.imdb.com/title/tt0290673/
Tempo de filme: 99 minutos

Elenco:

  • Monica Bellucci (Alex)
  • Vincent Cassel (Marcus)
  • Albert Dupontel (Pierre)
  • Philippe Nahon (Philippe)
  • Jo Prestia (Le Tenia)
  • Stéphane Drouot (Stéphane)
  • Mourad Khima (Mourad)
  • Jean-Luis Costes
  • Gaspar Noé

Links:

Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s